domingo, 18 de janeiro de 2009

MEU FALÁ

Outro dia ouvi dizê

Que o povo do meu sertaum

Num sabia falá

Mas cumé que pode isso

Vamu logo meu amigu

Esse torçu isclaricê

Num istudei in culégiu granfinu

Mas ua coisa li digu

Num mi trocu pur nium dotô

Qui si acha muitu sabidu

Só porqui fala dificiu

Sobe as coisa qui viu nus livru

Num tiro do coraçaum

Eu num sô de complicá

De que adianta fala bunitu

Pra modi ninguéim intendê

Cada um é cada um

E tem o seu valô

E toda linguagi mereci respeitu

Pois ela é parti da identidadi do sugeitu

Seja ele sertanejo ô doto.

Um comentário:

Chrys disse...

Poxa, muito bem explanado!! =)